Problemas de Bagagem Irritam um Terço dos Viajantes

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

Carrinho de AeroportoAlguma vez você já teve problemas de bagagem ao voar? Perderam-se, extraviaram-se, danificaram-se de alguma maneira? Isso o deixou louco? Se é assim, você não está sozinho. Um novo estudo mostra que os problemas de bagagem irritam mais de um terço dos viajantes. 34% de todos os passageiros aéreos tiveram atrasos de bagagem relacionados ao check-in, ao depósito ou ao pegá-las em seu voo mais recente.

O estudo foi encomendado pela Amadeus, um Sistema Global de Distribuição usado por muitas agências de viagens, composto por Norma Rosa da Travel Tech Consulting, diz que esta nova tecnologia pode ajudar. Ele detalha três principais “pontos de dor dos passageiros” na experiência de aeroporto: bagagem; os voos atrasados ​​ou cancelados e os tempos de atraso no check-in; e segurança.

Chamado de “Navegando no Aeroporto de Amanhã”, o estudo sugere que a adoção da tecnologia pode ajudar a resolver alguns dos problemas também.

O relatório concluiu que 18 em cada 100 passageiros tiveram um voo atrasado ou cancelado durante a sua última experiência de viagem. Dez por cento dos passageiros reclamaram que não tinham recebido “informações relevantes e em tempo real”.

A pesquisa constatou que aos 43%, “gestão de ruptura” (estudo de recuperação de planos operacionais) foi classificado como a área mais importante onde os viajantes gostariam de ver melhorias.

Pouco menos de 40% dos viajantes disseram que “adotariam os serviços que emitem informação em tempo real para os seus celulares do voo e do estado da bagagem, bem como as direções (delas) no aeroporto.”

Um terço dos questionados exigem mais opções de auto-serviço, incluindo a possibilidade de adquirir serviços adicionais em quiosques de aeroportos e as opções de “auto-tagging” para a bagagem.

A pesquisa constatou que esses problemas se traduzem em percepções negativas das transportadoras. Se os clientes tiverem que esperar na fila por mais de 30 minutos para o check-in, a percepção da companhia aérea é alterada negativamente para 10%.

Novas e emergentes tecnologias podem ajudar muito, como check-in one-touch e o acompanhamento de progresso – tecnologia de etiquetagem permanente da bagagem que permite o rastreamento através do aeroporto, para dentro do avião e para fora no seu destino final – e agentes de roaming com iPads para prestar informações aos passageiros.

Via: gadling

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Share on Facebook0

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *